Dicas simples para iniciar um borboletário

Dicas simples para iniciar um borboletário. Mas antes de se tornar criador de borboletas, é indispensável obter informações seguras das especificidades dessa atividade.

Dicas simples para iniciar um borboletário Iniciar um borboletário pode ser uma forma rentável de negócio, além de um prazeroso hobby


"Além de um prazeroso hobby, iniciar um borboletário pode ser uma forma rentável de negócio. Mas antes de se tornar criador de borboletas, é indispensável obter informações seguras das especificidades dessa atividade, como coleta da lagarta, cuidados com o aquário, alimentação da lagarta e da borboleta", afirma Osmar Salles de Figueiredo, professor do Curso a Distância CPT Criação de Borboletas em Livro+DVD e Online.

CUIDADOS COM A LAGARTA

Prepare o aquário

Compre em petshops, casas especializadas ou internet um aquário próprio para lagartas. É importante que o ambiente seja bem ventilado e limpo, para abrigar a lagarta de forma adequada. Afinal, trata-se de um ser bastante frágil. Lembre-se de colocar uma pequenina tela no interior, para que a lagarta possa se agarrar. O recipiente deve permanecer fora de casa, contanto que seja estrategicamente posicionado em local fresco e longe de animais.

Colete a lagarta

Caso você não tenha como coletar a lagarta, compre-a em um fornecedor idôneo. Mas se você tiver um belo jardim, é bem provável encontrar uma bela lagarta. O procedimento deve ser realizado com o auxílio de um ramo da própria planta hospedeira. Essa tarefa deve ser feita, com muito cuidado, pois o pequenino ser pode morrer ao cair do galho. Não pegue a lagarta com a mão! Não coloque potinhos com água, para que ela não afogue.

Providencie alimento

Após acomodar a lagarta no aquário, retorne ao local onde a coletou. Na planta hospedeira, corte um raminho com folhas e leve-o para o ambiente de criação. Ele será o principal alimento da lagarta. Observe se, no ramo, há pequenos animais que possam ser predadores. Se houver, escolha um que esteja livre de intrusos. Todos os dias, substitua os ramos do dia anterior por ramos frescos. Não se esqueça de hidratá-los com água de qualidade.

CUIDADOS COM A CRISÁLIDA

Evite umidade

Quando a lagarta virar crisálida, é de fundamental importância que você não a toque. Nessa fase, o inseto não mais necessita de alimento. Entretanto, é essencial evitar a umidade no interior do aquário, pois pode favorecer o surgimento de fungos. A crisálida deve permanecer pendurada para que, no momento da metamorfose, a borboleta possa abrir as asas sem tocar o chão nem as laterais do aquário.

CUIDADOS COM A BORBOLETA

Espere secar as asas

A borboleta que sair da crisálida deverá permanecer várias horas sem alimento. Isso porque ela estará se esforçando para abrir as asas, que estão umedecidas. Mas assim que alçar voo, a borboleta já pode se alimentar do néctar das flores. Assim que novas borboletas surgirem, o seu borboletário dará um show.

Conheça os Cursos a Distância CPT, constituídos de Livro+DVD, e Cursos Online, da Área Pequenas Criações.

Fonte: pt.wikihow.com

Andréa Oliveira 20-04-2018 Agronegócio

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.