Que tal abrir loja de artigos religiosos?

Lojas de artigos religiosos são uma ótima opção de investimento, com boa demanda no mercado

Que tal abrir loja de artigos religiosos?

Itens religiosos sempre apresentam boa saída no mercado. Principalmente por parte dos católicos, que procuram os mais variados produtos, como santinhos, terços e bíblias. Não podemos nos esquecer dos espíritas, que buscam por obras de Chico Xavier, ou mesmo os protestantes, que procuram CDs e DVDs com músicas gospel. Há também as lojas sincréticas, que comercializam artigos para candomblé e demais religiões africanas. Sendo assim, podemos afirmar que lojas de artigos religiosos são uma ótima opção de investimento.

Local e estrutura


Como todo negócio, a loja de artigos religiosos deve ser implantada em locais com grande fluxo de pessoas, como centros comerciais ou ruas e bairros movimentados. A fachada deve ser atrativa, assim como o layout interno da loja. A iluminação e a organização dos artigos na vitrine devem chamar a atenção de quem passa pela loja. Uma boa dica é montar a vitrine com produtos bonitos e variados.

Quanto à estrutura, ela não precisa apresentar uma área muito extensa. Gôndolas e prateleiras não podem faltar, para acomodar os itens religiosos, com capricho e bom gosto. Se o espaço permitir, é interessante reservar um espaço para leitura e outro para que os clientes possam ouvir músicas religiosos. Outra opção é instalar uma TV com vídeos de cantores religiosos. Mas um espaço deve ser isolado do outro.

Produtos e estoque


Dependendo do tipo da loja de artigos religiosos, os produtos podem variar. No caso de lojas voltadas ao público católico, os itens mais comuns são bíblias, biografias de padres e santos, flyers de santinhos, terços, medalhas de santos, escapulários, ímãs e chaveiros com imagens de santos, camisetas, imagens e quadros de santos, adesivos e cadernos com mensagens de cunho religioso, agendas decoradas com imagens sacras, além de CDs e DVDs de padres cantores.

Em relação ao estoque, é importante que o empreendedor prime pela qualidade e quantidade dos artigos religiosos. Sendo assim, a loja deve contar com um bom almoxarifado, para controlar a saída e entrada de itens, e assim evitar perdas. A escolha de bons fornecedores também é fundamental para que os produtos nunca faltem.

Funcionários e investimento


Loja de pequeno porte requer apenas um funcionário, pois o próprio dono da loja de artigos religiosos será responsável pela gestão dos negócios. Por isso, é indispensável fazer cursos de capacitação na área gerencial. O funcionário também deve ser bem treinado para garantir aos clientes atendimento com excelência. Lojas maiores exigem a contratação de mais funcionários para boa distribuição e organização das tarefas de rotina.

O investimento depende do porte da loja, do volume do estoque e do quadro de funcionários. Lojas menores investem inicialmente R$ 35 mil. Assim que se consolidar no mercado, o empreendedor pode pensar em expandir os negócios, o que requer mais investimento em produtos, reformas e funcionários.

Conheça o Curso CPT a Distância e Online Como Administrar Pequenas Empresas.

Leia o artigo "Como ganhar dinheiro nas Festas Juninas."

Fonte: montarumnegocio.com

Andréa Oliveira 29-06-2019 Seu Negócio

Faça já o Download Grátis

Download brinde Como Iniciar seu Negócio

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.