Saiba como administrar restaurantes

Saiba como administrar restaurantes. Administrar restaurantes não é tarefa fácil, requer conhecimentos de gestão financeira e de pessoal, além de preparo para enfrentar desafios.

Administrar restaurantes não é tarefa fácil, requer conhecimentos de gestão financeira e de pessoal, além de preparo para enfrentar desafios

Saiba como administrar restaurantes No restaurante, os alimentos devem ser preparados criteriosamente para não colocar a saúde do consumidor em risco.

Administrar restaurantes não é tarefa fácil, requer conhecimentos de gestão financeira e de pessoal, além de preparo para enfrentar desafios. Quando ganham força no mercado, os restaurantes podem se tornar um excelente negócio, com boa lucratividade e retorno relativamente rápido do investimento. Mas para obter sucesso em um mercado tão concorrido, são necessárias medidas práticas e eficientes. Portanto, vale a pena segui-las com critério e bom senso.

O restaurante deve primar pela higiene no preparo dos alimentos

Cerca de 90% das intoxicações alimentares ocorrem por falta de higienização das mãos. Portanto, quem administra restaurantes deve se preocupar com a higiene no momento de preparar os alimentos. É preciso criar esse hábito em sua equipe de trabalho. Segundo Adriana Lara Fonseca, professora do Curso a Distância CPT Segurança Alimentar em Restaurantes e Lanchonetes - Treinamento de Manipuladores de Alimentos, disponível nos formatos em Livro+DVD e Online, os alimentos devem ser preparados criteriosamente para não colocar a saúde do consumidor em risco.

A opinião dos clientes ajuda a mensurar a qualidade dos alimentos

Outro fator de suma importância para o sucesso dos restaurantes é considerar a opinião dos clientes. Para isso, faça uma pesquisa espontânea, como o modelo das quatro carinhas: ótimo, bom, regular e fraco. Da mesma forma, analisar o que as pessoas deixam no prato é uma boa estratégia para medir o grau de satisfação dos clientes. Muitas vezes, quando um determinado alimento sempre é deixado no prato, é porque sua qualidade não está boa. Se o limite for de 25 gramas por cliente, tudo está de acordo. Entretanto, se ultrapassar esse valor, certamente algo não está certo.

Os custos devem ser monitorados diariamente na gestão de restaurantes

No ramo de alimentação, monitorar os custos diários é essencial para que o negócio seja bem-sucedido.  Pagamento de horas extras e falta de funcionários devem ser calculados diariamente. Em geral, a margem de 20% que se espera de um fast food depende do faturamento e da administração da curva de custos. Por tais motivos, o empresário deve abrir o restaurante no dia sabendo os custos do anterior. Dessa forma, é mais fácil detectar falhas para corrigi-las o quanto antes.

Investir no treinamento dos colaboradores gera inúmeros benefícios

O treinamento constante dos líderes e da equipe de funcionários é fator-chave para o bom andamento dos negócios. Por isso, é preciso investir na capacitação dos colaboradores do restaurante. É preciso reservar, no mínimo, 10% das horas trabalhadas com treinamento profissional de qualidade. Se o restaurante funciona 44 horas por semana, 4 horas da semana devem ser separadas para capacitação da equipe. Além de desenvolver novas habilidades nos funcionários, as metas da empresa podem ser recapituladas.

Investir em consultoria contábil e tributária resguarda o empreendedor de inúmeros problemas

Outra questão a ser abordada refere-se aos tributos e encargos trabalhistas. Para isso, é fundamental contratar um consultor com experiência no mercado, que seja reconhecido pela qualidade dos serviços prestados. É muito importante se atualizar de três em três meses para não ser pego de surpresa. Muitas vezes, o passivo fiscal pode inviabilizar um negócio quando não há preparo e cautela por parte do empreendedor. Isso vale para as leis trabalhistas, que sofrem contínuas mudanças. Portanto, investir em consultoria contábil e tributária pode resguardá-lo de inúmeros problemas.

Fonte: Administradores.

Andréa Oliveira 07-11-2016 Gestão Empresarial

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.