Recomendações para montar haras

Recomendações para montar haras. Primeiramente, procure uma propriedade que esteja no seu orçamento, mas que seja adequada para a criação de cavalos. Nesse momento, considere a topografia do local e o clima da região.

Recomendações para montar haras Antes de montar o haras, procure uma propriedade que esteja no seu orçamento, mas que seja adequada para a criação de cavalos

"Antes de montar um haras, é de fundamental importância um maior aprofundamento em relação ao universo dos cavalos. É preciso amar esses belos e altivos animais, saber como lidar com eles e ser exímio cavaleiro ou excelente amazona. Além disso, esse tipo de empreendimento requer planejamento e preparo por parte do empreendedor", afirma Haroldo Vargas Leal Júnior, professor do Curso a Distância CPT Aprenda a Montar e Lidar com Cavalos, em Livro+DVD e Online, da Área Criação de Cavalos.

Planejamento inicial

Primeiramente, procure uma propriedade que esteja no seu orçamento, mas que seja adequada para a criação de cavalos. Nesse momento, considere a topografia do local e o clima da região. Após esse processo, o empreendedor já poderá escolher, com maior segurança, a raça do cavalo. Será ela que condicionará o tipo de infraestrutura do haras. Se o objetivo é criar 15 animais, por exemplo, será imprescindível contratar um treinador e um tratador de cavalos, ambos com treinamento especializado.

Fatores climáticos

Os cavalos se adaptem muito bem a várias regiões do Brasil, já que o país apresenta clima tropical. Entretanto, é recomendado evitar locais com umidade alta e temperaturas muito baixas. Caso contrário, os cavalos tornam-se mais suscetíveis a doenças respiratórias e infestações de parasitas. Em regiões com condições climáticas pouco propícias, os cuidados deverão ser redobrados. É importante ressaltar que os cavalos preferem climas quentes e secos, o que garante plena saúde e alta performance dos animais.

Topografia ideal

Topografia é a descrição detalhada do terreno de uma região, com todos os seus acidentes geográficos. A topografia com leve ondulação permite um bom condicionamento dos cavalos no sistema extensivo de criação. Já a topografia plana é perfeita para todo tipo de manejo de cavalos, pois facilita a movimentação dos animais e melhora a distribuição dos piquetes. Terrenos montanhosos aumentam as chances de acidentes, além de tornar o manejo dos cavalos muito mais laborioso. Sem falar que locais com montanhas não permitem a mecanização do pastejo.

Tamanho do plantel

Para não haver escassez de pastagem e evitar gastos com alimentação e mão de obra extra, é fundamental escolher o número de cavalos pretendido para iniciar as atividades no haras. O tamanho do plantel pode ser de pequeno porte (até 10 animais - um cavalo reprodutor); médio porte (de 10 a 20 animais - um cavalo reprodutor); e grande porte (mais de 20 animais - dois cavalos reprodutores). O número de cavalos por hectare dependerá do tipo de gramínea escolhido para a criação.

Fonte: Meu Haras.

Confira o artigo "Dicas essenciais para um centro hípico de sucesso" e aprimore ainda mais o seu conhecimento.

Andréa Oliveira 19-10-2017 Agronegócio

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.