Dentre os benefícios do Microempreendedor Individual (MEI), estão a obtenção de crédito nos principais bancos e a emissão de notas fiscais

Benefícios do Microempreendedor Individual (MEI)

Além de fortalecer o poder de negociação do pequeno(a) empreendedor(a), inúmeros benefícios são alcançados com o MEI.

Muitos microempreendedores(as) brasileiros(as) ainda permanecem na informalidade. Por isso, sentem grande dificuldade de crescer e fazer com que suas empresas obtenham destaque no mercado. A não formalização da empresa impede que o(a) empreendedor(a) feche excelentes negócios com outras empresas e com o governo, além de dificultar a obtenção de linhas de crédito especiais nos principais bancos do país. Daí a grande necessidade de se formalizar os negócios, pois, dessa forma, a empresa aparece no mercado, desbravando caminhos para o sucesso do empreendimento.

O governo vem motivando os(as) microempreendedores(as) a tornarem sua pequena empresa formal. Trata-se do MEI – Microempreendedor Individual, processo de formalização das microempresas do país. Nos últimos anos, a formalização da microempresa se tornou simples, rápida e barata. Portanto, não há motivos para deixar seus negócios na informalidade.

Como requisito principal para o MEI, o(a) empresário(a) deve contar com, pelo menos, um funcionário registrado em carteira. Com cerca de R$ 40,00 mensais, um leque de vantagens se abrirá diante do(a) microempresário(a).

Além de fortalecer o poder de negociação do pequeno(a) empreendedor(a), inúmeros benefícios são alcançados, como:

->Permissão para emitir notas fiscais;
->Força na negociação com fornecedores, empresas e governo;
->Tranquilidade na fiscalização da prefeitura;
->Obtenção de linhas de crédito dos principais bancos do país;
->Obtenção de benefícios sociais, como INSS, salário-maternidade, aposentadoria por idade;
->Crescimento da empresa.

Segundo uma pesquisa recente desenvolvida por especialistas do Sebrae, 78,5% dos empreendedores afirmaram que o principal motivo são as vantagens que a formalização proporciona para o empreendimento. Outros 21,5% apontaram os benefícios sociais para se tornarem MEI.

Veja abaixo os dados coletados pelo Sebrae sobre os benefícios do Microempreendedor Individual (MEI):

->Ter uma empresa formal (42,5%);
->Ter acesso aos benefícios do INSS (21,5%);
->Poder emitir nota fiscal (9,1%);
->Crescer mais como empresa (7,7%);
->Bom custo-benefício de se formalizar (4,9%);
->Fazer compras mais baratas ou melhores (4,1%);
->Evitar problemas com a prefeitura (2,8%);
->Ter acesso a linhas de crédito especiais para empresas (2,6%);
->Possibilidade de aceitar cartão de crédito e débito (1,9%);
->Custo de formalizar é muito barato (1,5%);
->Possibilidade de vender para outras empresas (0,9%),;
->Possibilidade de vender para o governo (0,4%).

Fontes: Qipu e Sebrae.

Benefícios do Microempreendedor Individual (MEI)

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Marque a caixa abaixo para validar seu comentário

 

Conheça as Empresas do Grupo CPT

Logo: Cursos CPT Logo: UOV Logo: CPT Softwares Logo: Aprenda Fácil Editora