As vantagens do negócio compartilhado

Uma das principais vantagens do negócio compartilhado é a redução de gastos com contratação de funcionários

O mercado mundial tem passado por grandes mudanças. O negócio compartilhado é uma delas. Trata-se de uma forma econômica, prática e inovadora de compartilhar a mesma estrutura física e os mesmos funcionários. Na verdade, a economia compartilhada tem conquistado empresas, empresários e clientes. Vários setores já aderiram à novidade, como o de alimentos, o de confecções, o de beleza e o de educação. Foi o que aconteceu com uma escola tradicional de ensino fundamental em São Paulo.

Um empresário resolveu levar à sua escola convencional o cursinho de inglês. Junto a outro empreendedor, ambos compartilham clientes e espaço. O modelo compartilhado é amplamente vantajoso tanto para os empresários como para os clientes, pais de alunos, que economizam tempo e evitam o trânsito caótico de SP. Se o negócio tem feito sucesso? A lucratividade chega a 15%! Nos dias de hoje, este é um índice bastante promissor.

Criada por Rogério Gabriel, a franquia de curso de inglês se enquadra perfeitamente à escola de ensino básico. Além de proporcionar redução de custos na gestão do negócio, o investimento inicial é reduzido em mais de 70%. Com R$ 20 a R$ 30mil, o franqueado pode montar o negócio sem custos adicionais. No caso de modelos de porte maior, o empresário investe cerca de R$ 160 mil.

“Dados do SEBRAE mostram que 80% das empresas independentes fecham em cinco anos, contra somente 8% das empresas franqueadas. Estes índices têm aumentado o número de interessados pelas franquias”, afirma Carlos Ruben Pinto, professor do Curso a Distância CPT Como Tornar sua Empresa uma Franqueadora, em Livro+DVD e Online, da Área Gestão Empresarial.

Segundo Maurício Castilla Garcia, franqueado do curso de inglês, uma das principais vantagens é a redução de gastos com contratação de funcionários. Isso porque desde a recepcionista da escola até o imóvel, todos são compartilhados por ambas as escolas (ensino básico e curso de inglês). Com isso, é possível economizar cerca de R$ 20 mil mensalmente. Outra vantagem é a não necessidade de se investir em marketing, já que as turmas de alunos já estão formadas.

Em média, “a lucratividade chega a 15%, o que é um indicador positivo, tendo em vista a fraca economia do país e a situação do mercado no momento”, ressalta Maurício. “O negócio compartilhado se encaixa em um leque enorme de atividades (dos mais diversos setores), pois é um modelo bastante competitivo embora simples”, completa Marcos Crivelaro, professor da FIAP – Faculdade de Informática e Administração Paulista.

Fonte: G1.

Confira o artigo “5 dicas infalíveis para fortalecer sua franquia” e aprimore ainda mais o seu conhecimento.

As vantagens do negócio compartilhado

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Marque a caixa abaixo para validar seu comentário

 

Conheça as Empresas do Grupo CPT

Logo: Cursos CPT Logo: UOV Logo: CPT Softwares Logo: Aprenda Fácil Editora