Criação de codornas - negócio promissor, com boa margem de lucro

A criação de codornas pode se tornar um negócio promissor e lucrativo, principalmente se o coturnicultor realizar o manejo das aves adequado

“A criação de codornas é uma excelente opção para produzir carne e ovos de qualidade. Mas alguns cuidados são necessários, como planejamento estratégico da estrutura e sistema de manejo das aves adequado. Com isso, o negócio torna-se promissor, com boa margem de lucro”, afirmam Joji Ariki e Vera Maria Barbosa de Moraes, professores do Curso a Distância CPT Curso Codornas – Iniciando a Criação em Livro+DVD ou Online.

As codornas chegaram ao Brasil por meio dos imigrantes japoneses. Com o passar das décadas, os brasileiros perceberam o potencial dessas aves para criação e a coturnicultura invadiu todo o território nacional. Criar codornas não requer amplo espaço nem altos investimentos. Para implantar a infraestrutura, o empreendedor gasta de R$ 35 a R$ 40 mil, mas o montante investido compensa, pois a margem de lucro pode chegar a 15%.

Os coturnicultores brasileiros adotam dois sistemas de criação de codornas. Ou as aves são compradas com um dia de vida para a recria na granja, ou são adquiridas na fase adulta para a reprodução. Ambos os métodos são rentáveis – depende dos objetivos do produtor. Felipe Rezende Silva, por exemplo, é proprietário de uma granja no triângulo mineiro e produz mais de 75 mil ovos diariamente.

Segundo o coturnicultor, ele optou pela produção de ovos de codorna e utiliza o sistema manual de produção para reduzir custos. Entretanto, quem possui maior capital de investimento pode começar com 100 mil aves e utilizar o sistema automático de produção. Por meio dele, é possível coletar ovos, tratar a ração e retirar o esterco com o auxílio de máquinas.

Além de obter boa lucratividade com a comercialização de ovos de codorna, o produtor pode comercializar esterco. Atualmente, muitos cafeicultores preferem esterco de codornas para adubação. Na propriedade de Silva, são produzidas 100 toneladas de esterco anualmente e a venda desse material orgânico ajuda nos custos de produção. Mas é importante que o esterco esteja bem seco para aumentar o faturamento.

A produção das codornas é rápida. Em geral, elas produzem ovos aos 40 dias de vida, com pico de produção quando atingem 60 dias. É importante ressaltar que a vida reprodutiva das codornas apresenta durabilidade de um ano. Após esse período, é preciso renovar o plantel para que a produtividade seja mantida. Cinco mil codornas são capazes de produzir aproximadamente 4.500 ovos diariamente.

O número de codornas por gaiola deve variar entre cinco e oito para garantir o conforto e bem-estar das aves. Para aumentar a produção, elas devem ser criadas em ambiente com 16 horas de luz diárias. Além disso, é necessário fornecer ração balanceada (25 gramas) elaborada com farelo de soja, milho e sal. O acesso à agua fresca e de qualidade também é algo imprescindível.

Fonte: Canal Rural.


Criação de codornas – negócio promissor, com boa margem de lucro

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Marque a caixa abaixo para validar seu comentário

 

Conheça as Empresas do Grupo CPT

Logo: Cursos CPT Logo: UOV Logo: CPT Softwares Logo: Aprenda Fácil Editora